Fernando Tavares

São Paulo, Brasil

Reseña


Fernando Tavares é contrabaixista profissional, professor de contrabaixo, harmonia e de metodologia do ensino musical, pesquisador, compositor, produtor e radialista. Iniciou seus estudos musicais em 1995. Estudou contrabaixo elétrico, teoria e harmonia com professores renomados da música popular como Mozart Mello, Zuzo Moussawer, Fabio Zaganin e Ronaldo Dias. Graduou-se em Licenciatura em Música pela Unimes (Universidade Metropolitana de Santos) e é especialista em Docência no Ensino a Distância pela UFSCar (Universidade Federal de São Carlos).
Atualmente está vinculado como mestrando ao Programa de Pós Graduação da ECA-USP na linha de Musicologia e sua pesquisa envolve os métodos de ensino de composição e improvisação na música Galante. Paralelamente desenvolve pesquisas musicais que envolvem a música popular com foco no Jazz/Fusion a partir dos anos 60, além do Rock em suas diversas vertentes, com base em artistas do Rock Progressivo, Hard Rock, Punk rock, New Wave, Grunge e outras vertentes que colaboraram para a construção da linguagem musical do mesmo.
Realiza pesquisas sobre o contrabaixo elétrico em suas diversas formas de abordagem e com análise de importantes músicos do instrumento. Estas pesquisas podem ser vistas nas suas colaborações para revistas importantes para o contrabaixo como as extintas Coverbaixo (na qual atuou como colaborador entre 2005 e 2010), Bass Player Brasil (na qual atuou colaborador e colunista entre 2011 e 2017 e como editor didático entre 2013 e 2017), tendo publicado um número de 243 matérias nestas duas publicações. Além destes, possui site e canal do Youtube particular para compartilhar suas pesquisas desde o ano de 2005.
Atualmente tem um programa semanal de rádio para divulgar o contrabaixo chamado MKK Bass Sessions da MKK Web Rádio.
É um dos mais renomados professores de contrabaixo elétrico e atua com aulas presenciais e a distância. Trabalhou em importantes escolas, com destaque para o seu trabalho no IB&T (Instituto de Baixo & Tecnologia) da EM&T (Escola de Música & Tecnologia) por mais de 10 anos.
Como contrabaixista participou de diversos trabalhos, com destaque para o Apostrophe’ Trio, no qual é o band leader e que lançou o primeiro álbum “Apostrophe’” em abril de 2017, no qual 8 das 9 músicas são composições do músico. Participa do Medusa Trio desde 2015 e participou do álbum “10 Anos” em 2017 e do EP “Peso Pesado” com duas músicas como coautor. Participou como contrabaixista e compositor da banda Dead Man Walking, com a qual lançou o álbum “All my Hate” em 2019, na qual foi coautor de todas as músicas. Por fim, trabalha com a banda de Rock Progressivo Lee Recorda, na qual coproduziu o álbum “Olhando a Vida de Cima do Ponto Central”. Ainda gravou com Liar Symphony (CD/DVD “Choosing The Live Side”), Hotspot Project (Volume 1) e Mauricio Fernandes (“Alone in the Night” em 2017), entre outros.
Como pesquisador, trabalha no LAMUS (Laboratório de Musicologia) na EACH – USP Leste, no LEDEP (Laboratório de educação e desenvolvimento psicológico) na EACH – USP Leste e no CEMUPE (Centro de Musicologia de Penedo)
Produz apostilas para contrabaixo elétrico, escreve matérias em seu site/blog semanalmente, realiza Workshops e Bass Clinics.
Eleito o melhor baixista de 2018 pelo grupo “Quem sabe faz autoral” que tem grande representatividade na divulgação de bandas autorais que não estão no mainstream.
Utiliza cordas Giannini, cabos Datalink e monitores e fones Edifier.